NOTÍCIAS

Cannes 2018: Non, pas de regrets

Bon voyage,! Mais um Cannes Lions chegou ao fim. Mas enquanto as praias do sul da França voltam à normalidade, nós temos alguns destaques do festival para compartilhar.

Embora muito tenha se falado sobre a menor quantidade de participantes nesse ano, o Spotify aterrissou em Cannes maior do que nunca. Expandimos nossa presença na praia com um espaço localizado bem no centro da Croisette. Nele, recebemos milhares de convidados para uma programação agitada, que incluiu alguns dos mais conhecidos artistas e vozes da atualidade, assim como as festas mais concorridas da semana. E, na nossa opinião, com um tom mais reflexivo, o que mais se destacou no Festival foi o nível enriquecedor das conversas nos painéis - e as pessoas, ansiosas para colocar os discursos em prática.

Segunda-feira: Mar e areia

Nossa presença em Cannes começou em grande estilo, com um painel no The Girls’ Lounge que contou com Danielle Lee (nossa VP Global de Partner Solutions), Meredith Kopit Levien (New York Times), Suzy Derring (eBay) e Amy Friedlander Hoffmann (Uber). O tema foi "Desbravar setores dominados pelos homens" e as palestrantes enfatizaram a importância de ser autêntica, bem como ter sua própria rede de suporte. Danielle compartilhou com o público seu inestimável conselho sobre como obter sucesso: "Você precisa ser você mesma, mas deve se esforçar para sair da sua zona de conforto".

No mesmo dia, realizamos o painel "See It Be It" para as mulheres presentes no Cannes Lions, em que discutimos a questão da liderança pelo exemplo. O Spotify é parceiro oficial do programa See It Be It, que aborda o problema da desigualdade de gêneros nas lideranças seniores do setor criativo, e oferece oportunidades para que mulheres da indústria elevem suas carreiras.

O workshop começou com uma conversa entre Danielle Lee e Methal, uma artista que trabalhou com o Spotify na campanha "I'm with the Banned" (para saber mais sobre ela, clique aqui. Após a entrevista, as participantes do SIBI fizeram perguntas e compartilharam suas histórias pessoais, provocando discussões interessantes entre o grupo.

Mais tarde, vários convidados foram para o nosso evento com o Hulu, que aconteceu no Chateau Saint Georges, nas colinas altas de Cannes. A animada noite teve painéis de discussão com os diretores de marketing Seth Farbman (Spotify) e Kelly Campbell (Hulu), além de alguns dos nomes mais influentes no universo do streaming: God-is Rivera (Diretora de Inclusão e Ressonância Cultural na VML); o artista ganhador do Grammy Miguel; a cantora e compositora Jessie Ware; e as estrelas do cinema e da televisão Samira Wiley e Ramy Youssef.

Terça-feira: Um novo dia

Enquanto a segunda-feira pode ter servido para se adaptar às altas temperaturas, o ritmo dos painéis esquentou na terça-feira.

O CMO do Spotify, Seth Farbman, assumiu o comando da discussão "Criatividade na era da resistência" no palco do Le Palais, que se concentrou na campanha "I'm with the Banned". O painel foi moderado por Paola Mendoza da The Soze Agency, que mediou um papo entre Sam Harris, vocalista do X Ambassadors, a cantora e compositora Methal Hamadi, e Seth. O grupo falou sobre a função dos artistas e da música nos atos de resistência.

Comentando sobre a censura da arte e a função do Spotify de conectar artistas a fãs, Seth disse: "Os artistas sempre refletiram o que está acontecendo... Conectar artistas e fãs de música é obrigação de uma plataforma".

Liberty Kelly, Head de Sales do Spotify para as Américas, também desempenhou um papel importante em um dos painéis de Cannes, "Liderança com impacto", organizado pela NBC Universal. Liberty voltou a falar sobre o tema da igualdade de gêneros abordado nos painéis de segunda-feira, destacando sobre como as mulheres podem prosperar em um universo tão tecnológico. "Não se pode trabalhar a diversidade e a inclusão sem ser diverso", disse Liberty. Ela também destacou o compromisso do Spotify em apoiar as mulheres no ambiente de trabalho.

Em seguida, foi o nosso painel "Cannes in Color". Seth Farbman juntou-se a Teneshia Warner, fundadora e CEO do Egami Consulting Group; Marc Pritchard, Chief Brand Officer da Procter & Gamble; e Kendra Bracken-Ferguson, Chief Digital Officer da CAA-GBG, para abordar a responsabilidade das marcas como instrumentos de mudança e discussão das questões de igualdade. Seth explicou como você precisa fazer escolhas baseadas em suas crenças, agregar a cultura da empresa e construir o novo a partir daí. Marc Pritchard concordou com Seth e falou especificamente sobre o modo como a P&G tem usado a voz das suas marcas para promover a igualdade racial. Marc comentou os esforços da P&G: "Vemos na igualdade uma força do bem e uma força para o crescimento".

Enquanto isso, a Head Global de Agency Partnerships do Spotify, Angela Solk, juntou-se a Tim Ganss, também do Spotify, para discutir a"Humanização dos dados", em um painel organizado pela IPG Mediabrands. Com outros dois palestrantes da Johnson & Johnson, o grupo discutiu as variadas abordagens de uso de dados em suas empresas para melhorar os resultados das marcas junto aos seus clientes. "Nosso conjunto de dados nos permite compreender o comportamento sem filtros. A música é um espelho", disse Angela.

Alex Bodman, Global Executive Creative Director do Spotify, também foi o centro das atenções na terça-feira. Seu painel no espaço do Twitter concentrou-se no "Propósito de marca em 2018". Bodman falou sobre a habilidade do Spotify em influenciar mudanças. Citando o famoso ator e cantor Harry Belafonte, Bodman disse, "Quando o movimento é forte, a música também é". Depois, continuou explicando, "Temos que ser atenciosos e autênticos nas decisões que tomamos em relação ao artista e a nós mesmos".

Ao anoitecer, reunimos os líderes da indústria de publicidade para uma festa repleta de música e diversão, com uma apresentação especial do The Killers. O DJ Z-Trip fechou a noite com um mix de batidas que levantou o público. A noite ajudou a celebrar o que o Spotify representa: o lugar certo para os artistas se conectarem com seus fãs.

Quarta-feira: Celebrando os bons momentos

A quarta-feira começou no The Girls' Lounge com mais uma inspiradora sessão de mentoring pela manhã. A Head de Global Communications e Public Relations do Spotify, Dustee Jenkins, moderou uma discussão intitulada "O poder da voz feminina", que contou ainda com a cantora e compositora Jessie Ware.

Dustee e Jessie falaram sobre maternidade e os desafios que surgem para a mulher que trabalha no universo da criação. Elas falaram também sobre como o Spotify ajudou Jessie a se conectar com seus fãs e sobre sua nova série de podcast. Jessie comentou: "O streaming foi a melhor e mais aberta ferramenta para divulgar minhas músicas". Em seguida, ela aconselhou outras mulheres artistas. "Vocês precisam conhecer a si mesmas e confiar em seus instintos". Após o painel, Jessie apresentou-se com duas músicas tocantes, "Thinking About You" e "Sam". Esta última é uma composição sobre a filha dela, feita em parceria com Ed Sheeran.

Jackie Jantos, VP de Brand and Creative do Spotify, também fez parte do júri deste ano. Foram quatro dias em uma mesa examinadora com 10 jurados para debater e escolher os vencedores do Cannes Entertainment Lions na categoria Música. Nesta, o Spotify foi agraciado com um Leão de Ouro por David Bowie is Here, um Leão de Prata por "I'm with the Banned", e um shortlist por RapCaviar Pantheon. Até o momento, o time do Spotify ficou em 23 shortlists e levou 10 Leões, incluindo dois de Ouro – o segundo foi na categoria de Mídia, também por Bowie. (Isso é o que chamamos de estourar as metas de 2018.)

Por falar em metas, também foi uma grande noite para o Spotify no Palais. Foi muito animador para nós recebermos o prêmio de "Media Brand of the Year" este ano. O troféu é normalmente destinado a indivíduos, mas pela primeira vez foi concedido a uma marca. Nosso CEO Daniel Ek subiu ao palco com Phil Thomas, CEO da Ascential, para receber o prêmio. Daniel destacou que "entende que o prêmio normalmente reconhece o indivíduo, mas que não embarcou nessa jornada sozinho". Ele reconheceu os "ex-funcionários e os atuais, que foram a parte mais importante dos nossos 10 anos de história".

Para nossa segunda noite de música na Riviera, organizamos uma festa com apresentações da banda escocesa de synthpop CHVRCHES e do rapper Travis Scott, que agitaram a Croisette.

Foi uma noite de shows incríveis, encerrada por Travis Scott e sua eletrizante performance ao vivo – que não se restringiu ao nosso palco.

Quinta-feira: Hora de recuperar o fôlego

Antes do encerramento oficial na quinta-feira, Seth falou no painel da Forbes, que comemorou a divulgação da lista dos mais influentes CMOs do mundo em 2018. Seth, um dos CMOs da lista, discutiu junto com os demais palestrantes como é ser um CMO influente, com foco especial em como eles podem participar de conversas culturais em nome de suas marcas.

E, finalmente, para encerrar nossas festividades, recebemos mais de 60 profissionais de criação de Cannes em um pequeno brunch com nossas equipes de Brand & Creative e Creative Solutions. No nosso último dia na praia, os convidados colocaram o papo em dia com velhos e novos amigos.

Oi e tchau

De forma geral, foi um Festival de Cannes muito bem-sucedido, repleto de ótimas conversas, insights inteligentes e oportunidades incríveis para que arte, fãs, marcas e culturas pudessem se conectar. Um brinde a todos que participaram – e esperamos encontrar alguns de vocês novamente em breve!

Let’s talk

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.