Notícias & Insights

2016 foi o ano do streaming. Veja o que isso significou para o mercado publicitário.

Em pouco mais de uma década, o streaming passou de ser um conceito de nicho a estar completamente disseminado. E, em 2016, ele oficialmente virou mainstream. Hoje, quase um em cada dois usuários da internet são adeptos do streaming.

Mas que público é esse exatamente? Para marcas e publicitários, essa pergunta é fundamental. Como o streaming é um comportamento pessoal, ele oferece aos profissionais de marketing uma nova oportunidade de alcançar o seu público com experiências extremamente contextualizadas e envolventes. Mas, para ter esse alcance, é importante entender o que está por trás do streaming.

Por isso, fizemos uma parceria com o GroupM, o maior grupo de investimento em mídia do mundo, para realizar uma pesquisa com mais de 20 mil consumidores em sete importantes mercados: Estados Unidos, Alemanha, Austrália, Reino Unido, França, Canadá e Suécia. Graças a essa nova pesquisa, agora temos um retrato informativo dos usuários de streaming, como eles consomem conteúdo e quais tendências podemos esperar no futuro.

Veja nossas principais descobertas:

  • Em média, metade dos usuários da internet em todo o mundo já faz streaming. Em mercados online mais consolidados, como os Estados Unidos e a Suécia, mais de 60% da população faz streaming. Essa tendência só tende a aumentar, considerando que muitos usuários do streaming são da Geração Z e já cresceram com esse hábito.
  • Mais de 60% do streaming é feito em dispositivos móveis, o que abre dezenas de novas possibilidades para os anunciantes. Momentos musicais como “malhando” e “no trabalho” geraram até USD 220 milhões em receita publicitária nos sete mercados pesquisados.
  • Quem faz streaming tende a consumir mais conteúdo de todos os meios do que quem não usa. E 23% desses usuários dão mais valor ao conteúdo do que à propriedade. Eles também estão mais abertos a descobrir conteúdos e confiam na curadoria personalizada para receber novas recomendações.

Entender as tendências, preferências e hábitos relacionados ao streaming é fundamental para elaborar uma estratégia de marketing bem fundamentada.

Let’s talk

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.