Notícias & Insights

5 Tendências para ficar de olhos (e ouvidos) atentos em 2020

Como o áudio se encaixa no nosso futuro conectado

Enquanto caminhamos em direção a uma nova década, não podemos deixar de sentir que essa nova era de ouro do áudio está apenas começando. As pessoas estão sintonizando mais do que nunca, os usuários do Spotify Free, por exemplo, com vários dispositivos fazem, em média, 2,6 horas de streaming de áudio por dia em todo o mundo.1

Esse resultado já era esperado, afinal o Spotify impulsionou este crescimento ao trazer onipresença, inovação e personalização para fãs e marcas. Além disso, continuamos a evoluir. Por exemplo, descobrimos que os usuários do Spotify que adicionam podcasts ao seu mix de áudio fazem duas vezes mais stream do que aqueles que ouvem apenas música.2 Sim, o áudio está aqui, ali, em qualquer lugar, mas, olhando para 2020, vemos ainda mais oportunidades para nossos parceiros. Abaixo estão as principais mudanças na tecnologia, estratégia e expectativa do consumidor que irão ditar as regras.

O 5G está quase chegando

Dizem que o 5G é a tecnologia que fará com que todas as outras tecnologias funcionem.3 Certamente, essa tão esperada atualização de rede tem implicações super-futuristas para a nossa sociedade, de carros autônomos a chamadas holográficas. Mas os desenvolvimentos mais práticos (e mais próximos) são também ótimas notícias para o ramo de áudio e publicidade digital: uma internet dez vezes mais rápida que a 4G, menos consumo de bateria móvel, menor latência entre dispositivos e saltos cognitivos em IA e voz. Tudo isso se traduz em experiências de áudio melhores e mais longas, com dados mais ricos de audiência e anúncios cada vez mais relevantes. Sem esquecer de mencionar que o 5G também pode levar a internet de alta velocidade a milhões de consumidores que não eram atendidos anteriormente pela banda larga.4 Como o Spotify abriga mais de 500.000 podcasts, 50 milhões de músicas e 3 bilhões de playlists, nós somos o serviço de streaming de áudio que naturalmente vem à mente das pessoas, ao passo que o acesso imediato ao conteúdo se torna a norma.

A IdC está crescendo (e crescendo...)

Obviamente, essas são ótimas notícias para a Internet das Coisas, que está expandindo rapidamente. Já criamos o Spotify para ser onipresente, compatível com uma crescente rede de dispositivos e marcas, e estamos sempre procurando oferecer aos fãs e anunciantes um melhor acesso à nossa vasta IdC. Estima-se que 76,5 milhões de americanos estarão usando speakers inteligentes em suas casas até 20205,o mesmo ano em que os especialistas prevêem que praticamente todos os carros zero vendidos serão conectados.6 As oportunidades nesses ambientes focados em áudio são muitas: 70% dos ouvintes afirmam que, por estarem prestando atenção ao streaming de áudio que fazem durante seus trajetos, lembram-se dos anúncios que ouvem.7 Seja sintonizando via wearables, consoles, smart TVs ou qualquer outro device, os usuários do Spotify estão conectados, e dessa forma podemos oferecer uma experiência perfeita em sua própria IdC.

70% dos ouvintes afirmam que, por estarem prestando atenção ao streaming de áudio que fazem durante seus trajetos, lembram-se dos anúncios

A exaustão da tela é uma realidade

E, francamente, já passou da hora dessa tendência chegar. O relatório global de tendências Culture Next, produzido pelo Spotify, revelou que 56% da geração Z e millennials concordam que hoje em dia há muita estimulação visual, e o áudio oferece uma boa saída.8 Mas eles não estão apenas se desligando: 63% afirmam que o áudio os torna mais produtivos enquanto estão realizando múltiplas tarefas.9 Enquanto ouvimos falar de pessoas reduzindo o tempo de tela (nossos dispositivos móveis inclusive oferecem esse monitoramento para nós), ninguém está se desintoxicando digitalmente do áudio. Isso pode acontecer porque, conforme um neurocientista nos contou, usamos a música para regular nosso humor e os podcasts alimentam nossa imaginação. Isso contribui para um público altamente engajado e emocionalmente investido, que só cresce à medida que nossa tecnologia se integra mais plenamente em nossas vidas. Nosso novo guia Streaming de Contexto ajuda as marcas a se conectarem com os fãs em momentos da vida real, como Festa, Hora de Comer, Malhação e Relax. Também serve como lembrete de que o áudio ainda é a única opção de publicidade digital para alcançar pessoas quando seus dispositivos estão em uso, mas não estão sendo visualizados.

Identidade de áudio é essencial

Todos esses desenvolvimentos apenas aumentam as expectativas dos consumidores em relação à interação por voz, deixando as marcas com uma grande questão quando entram nesse espaço onde o áudio vem em primeiro lugar: como os profissionais de marketing devem investir em uma identidade de áudio que corresponda à sua identidade visual? Isso pode significar tudo, desde logotipos sônicos e jingles cativantes, até questões relacionadas a, literalmente, o tom da voz da sua marca (é americana ou britânica, séria ou divertida?). A publicidade em áudio é um ótimo lugar para começar a definir essa identidade. No momento, estamos testando anúncios habilitados para voz no Spotify, e "Reproduzir música" ainda é a principal solicitação entre os usuários de speakers inteligentes.10 Os consumidores querem mais da voz e, em breve, comandos simples evoluirão para conversas. O Spotify está posicionado não apenas para educar nossos usuários sobre como interagir com esta tecnologia diretamente em nosso aplicativo, mas também para ajudar os profissionais de marketing a criar uma abordagem de áudio em primeiro lugar para esta nova era.

A publicidade em podcast é poderosa

Com nossos hábitos de mudança, não é de surpreender que o Spotify tenha visto um aumento de 250% ano a ano nas horas de consumo de podcast.11 Mesmo sem esse crescimento, o formato é o sonho de todo anunciante, pois o público altamente disputado mergulha em suas paixões em um ambiente íntimo. Cerca de metade dos nossos ouvintes afirma que confia nos apresentadores de podcast tanto quanto em seus próprios amigos,12 e que essa afinidade beneficia as marcas: 81% dos ouvintes agem depois de ouvir anúncios de áudio em podcasts, incluindo pesquisar um produto online, conectar-se à marca nas mídias sociais, e falar sobre a marca com terceiros.13 Ao adquirir a Anchor e lançar a Soundtrap for Storytellers, o Spotify está trabalhando para tornar mais fácil do que nunca para os criadores se conectarem com as marcas e criarem o tipo de conteúdo que permite que ambas as partes encontrem seus públicos específicos e mantê-los engajados. Estamos comprometidos em fazer o nosso melhor e, à medida que os recursos de publicidade evoluem, o tão esperado boom de anúncios em podcasts não estará muito distante.

1 Dados de First Party do Spotify, usuários gratuitos, junho de 2019 2 Digiday.com, “5G Is Coming and It Will Change Digital Advertising…”, junho de 2018 3 DigitalTrends.com, "Can 5G Fix America´s Rural Broadband Woes?", julho de 2019 4 IAB, 2019 Digital Audio Buyer´s Guide 2.0, novembro de 2018 5 IAB, 2019 Digital Audio Buyer´s Guide 2.0, novembro de 2018 6 Pesquisa Crowd DNA e Spotify, Seize The Moments entre usuários globais do Spotify de 18 a 44 anos de idade, abril de 2019 7 Relatório Culture Next, pesquisa de tendências do Spotify entre usuários globais do Spotify de 15 a 37 anos de idade, fevereiro de 2019 8 Relatório Culture Next, pesquisa de tendências do Spotify entre usuários globais do Spotify de 15 a 37 anos de idade, fevereiro de 2019 9 NPR e Edison Research, “The Smart Audio Report”, primavera de 2019 10 Pesquisa Crowd DNA e Spotify, Seize The Moments entre usuários globais do Spotify de 18 a 44 anos de idade, abril de 2019 11 Dados de First Party do Spotify, usuários globais, de 19 de dezembro de 2017 a 19 de dezembro de 2018 12 Pesquisa Crowd DNA e Spotify, Seize The Moments entre usuários globais do Spotify de 18 a 44 anos de idade, abril de 2019 13 Crowd DNA & Spotify, "We´re All Ears", Áustria, Brasil, Dinamarca, México, Reino Unido, Estados Unidos da América, 2018

Let’s talk

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.